a leveza e a tríade do relacionamento

leveza 2 leveza leveza 3 leveza 4A maior bagagem que a gente tem que carregar na vida é a leveza. Irônico, né? De ponto em ponto carregamos algo mais para ser mais leve. Porque ser leve não é ser vazio, é ser preenchido de plenitude. E só se consegue a leveza plena quando temos dentro de nós o amor.  O amor é esse bicho que as vezes pesa no peito, as vezes nos faz flutuar. Mas é só através do amor que conseguimos ser inteiros, preenchidos e leves.

Quando falamos de amor, pensamos muitas vezes nos relacionamentos. Mas o amor é muito mais do que o relacionamento entre as pessoas. E os relacionamentos são muito mais do que o amor. Estive pensando nas bagagens que eu carrego da vida, nos pontos que colhi, e percebi que o amor faz parte de uma tríade do relacionamento. Na minha cabeça eu descobri isso, e percebi que o relacionamento tem três pilares: o amor, o tesão e a felicidade.

Se pararmos para pensar, todos os três podem existir entre as pessoas de forma independente. Mas para que um relacionamento seja pleno, os três precisam existir juntos e alinhados. Pode tesão sem felicidade, amor sem tesão, mas o que é mais difícil de aceitar é o amor sem a felicidade. Aceitar que o amor não basta pra ser feliz é uma elevação de espírito. Deveria bastar, na verdade. De tão intenso, forte e completo, o amor deveria bastar. Chega a ser injusto.

Mas o amor não basta. O tesão não basta. A felicidade não basta. A leveza só se encontra num relacionamento quando esses três caminham juntos. Só existe força diante disso. Só existe amanhã diante disso. E quando a gente achar que sorrir é ser feliz, vamos lembrar que “só” feliz não basta.

Essas fotos foram tiradas por Ivan Alecrim, do Instituto Candela. E quando eu olho pra elas me inspiro em falar de leveza e plenitude. Porque nós precisamos nos encarar de frente, nos ver, nos observar, para só então nos encontrar. E as vezes não tem espelho que faça isso pela gente. Muito obrigada pelas imagens, Ivan. Aqui eu enxergo um pouco de mim e lembro que preciso ser plena e carregar a leveza sempre. Obrigada. Mesmo.

leveza 6

empório café

emporio cafe 13 emporio cafe emporio cafe 2 emporio cafe 11 emporio cafe 5 emporio cafe 6 emporio cafe 4 emporio cafe 3 emporio cafe 7 emporio cafe 9 emporio cafe 8 emporio cafe 12 emporio cafe 10Eu quase coloquei no título “Empório Café – o melhor bar de João Pessoa”, mas achei que poderia ser injusta. Mas é que mesmo sem nunca ter ido, eu lembro desde quando inaugurou. Parece que era menor e em outro lugar, e agora tá enorme assim e bonitão. Só sei que desde sempre meus amigos que são, moram ou visitam Jampa me falam do tal Empório Café. E nessa minha ida pra lá eu tinha que conhecer, né?

Não fiquei muito tempo e nem me aventurei muito pelo cardápio, mas acho que isso já é um bom motivo pra voltar né? Mas mesmo sendo uma passada rápida eu já tenho condições de indicar, porque o lugar é uma delícia. Tem uma área externa super agradável e uma parte interna que rola música, banda e parece que as vezes fica um clima mais balada e tal. Bem interessante.

A cerveja é gelada e tem a minha preferida, poxa <3 Todo bar que tem Devassa Ruiva gelada ganha o meu respeito e meu carinho, e quando chega num balde de gelo assim então, zerou pra mim. Dizem que a comida é muito boa, mas eu só experimentei um potinho de frios e uma torta de chocolate que sim, estava imoral. Mas já estou com vontade de voltar e sair comendo de tudo um pouco, porque né, gordinha é isso aí.

E com quem faz o lugar também é a companhia que a gente tem, posso dizer que estava muito bem acompanhada, viu? Gabi e Geraldo, Van e Urias, meu bem. Não podia ser melhor. E fecho aqui meus posts humildes sobre minha ida rápida pra Jampessoa, agradecendo mais uma vez o carinho e a atenção de todos que me fizeram companhia esses dias e me apresentaram a lugares tão legais <3

Ah, e aproveita que hoje é sexta e vai lá pro Empório e toma uma cerveja por mim o/

casa de irapa

casa de irapa 11 casa de irapa 10
casa de irapa 8 casa de irapa 7 casa de irapa 6 casa de irapa 5 casa de irapa 4 casa de irapa 3 casa de irapa 2Uma das coisas mais legais que eu achei dos cursos da Camino é o fato deles não acontecerem em salas de aula. E outro ponto massa é que eles sempre buscam um lugar diferente e ficam na surpresa, só dizem um ou dois dias antes pra galera! Né massa? E quando me mostraram a Casa de Irapa e disseram pra mim: vai ser aqui! Eu fiquei bestinha. Comecei a gostar do curso já de longe :)

O lugar é lindo e tem uma energia super leve, maravilhosa. A proposta do lugar é bem legal, que está disponível para reunir os amigos e os amigos de amigos, uma coisa mais intimista mesmo, sabe? Eles promovem sessões de cinema, jam sessions, aulas de massagem, culinária, um monte de coisa legal.

Irapa também recebe alguns estrangeiros que vão pra João Pessoa fazer cursos e passar temporadas, então é uma casa sempre cheia de gente com experiência pra trocar. E olhe que eu nem entrei na casa pra fotografar, fiquei só do lado de fora. Dentro também me pareceu lindo e super aconchegante. Vale a visita demais!

Lá funciona também um Gastro Pub, que é comandado pelo Chef Giorgio Ghiotti, que além de montar o cardápio do dia, também promove oficinas de gastronimia. Para o nosso curso ele preparou um dia de crepes deliciosos (comi um de charque com queijo manteiga que não tava careta não!) e outro dia de um ensopado de peixe muito gostoso também. A cerveja é gelada, a comida é boa, o ambiente é uma delícia e a pergunta é: precisa de mais o que?

casa de irapa 9 casa de irapaEntão fica aqui uma dica pra quem vai ou é de João Pessoa: visitem a Casa de Irapa e absorvam um pouco dessa energia leve e gostosa.

social mesa de bar – a saideira e a conta

social mesa de bar 10Lembram que eu fiz o convite aqui pro Social Mesa de Bar, lá em João Pessoa? Então, uma galera foi lá conferir e eu adorei! Saí de lá dizendo que se as pessoas gostaram do curso tanto quanto eu, ele valeu a pena. Primeiro porque eu consegui entender mais do que nunca a proposta da Camino Fermento Criativo, de levar o conhecimento prático de mercado para as pessoas, de forma leve e desconstruída. Fora de salas de aula, em ambientes descontraídos, e ainda tinha uma cervejinha e uns bons drinks pra quem quis.

O sábado foi um dia intenso de conteúdo, falei mais do que a mulher da cobra. Mas consegui ouvir um pouco do que as pessoas tinham pra me dizer também, Porque eu acho que o grande trunfo desse tipo de curso é a troca de experiência entre todo mundo. Por isso eu posso dizer que aprendi tanto com essa galera :) No domingo foi mais a hora da prática, onde a gente conseguiu aplicar um pouco do que conversamos no dia anterior. E o que eu achei massa foi ver a galera concentrada e se divertindo no exercício. Achei sensacional e consegui aprender muito com a visão de cada um. Aí, enquanto eles analisavam, eu fotografava :Psocial mesa de bar 8 social mesa de bar 7 social mesa de bar 6 social mesa de bar 5Teve até brownie fit DELICIOSO da Priscilla, gente <3

social mesa de bar 4 social mesa de bar 3 social mesa de bar 2 social mesa de bar 1O lugar é lindo, né? Então aguardem um post com mais fotos lá da Casa de Irapa, que eu não ia deixar passar em branco :D E pra finalizar, umas fotos de Gabi, da Camino, que registrou tudo com o maior carinho do mundo. Todas as fotos vocês podem ver aqui na fanpage da Camino. E, se eu fosse você, me inscrevia logo no próximo curso que vai ser massa! Fica de olho lá ;)social mesa de bar 9 social mesa de bar 14 social mesa de bar 13E eu finalizo com a minha cara de boba, que foi o resultado do curso: alegria, leveza e sensação de dever cumprido <3 Mais uma vez, brigada demais, gente! E até a próxima.social mesa de bar 12

Página 1 de 2281234567...203040...Última »