home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre cozinha

banana frita é amor


banana fritaÉ só pra dizer que todo dia pode ser um bom dia para adoçar a vida com banana frita, canela e açúcar. Se tiver um queijinho pra botar em cima então, o amor está completo. Essas foram plantadas e colhidas por mamãe, preparadas por mim e comidas pela família no final do domingo.

Então, faça um favor pra você mesmo. Derreta a manteiga e prepare uma boa banana frita. Deixe bem docinha, coma quente e feliz. Depois você vai me agradecer. :D


meu instagram viu #7


Dando sequência aos posts do “Meu Instagram Viu”, e tentando lembrar de postar isso todo mês :P

meu instagram viuMeu Instagram Viu um domingo lindo em Porto de Galinhas.

meu instagram viuMeu Instagram Viu uma coisa que a gente precisa ter mais na nossa vida.

meu instagram viuMeu Instagrma Viu enquanto eu tentava fazer Chica de modelo pra brincar com minha câmera nova.

meu instagram viuMeu Instagram Viu um sábado na praia com tudo que se tem direito.

meu instagram viuMeu Instagram Viu amor plantado pra quem quer colher o bem. Lembram?

meu instagram viuMeu Instagram Viu quando eu esmagava Oliver, o novo membro da família Oliveira que mora na casa de mamãe.

meu instagram viuMeu Instagram Viu uma saudade gostosa pintar no #meumoleskine.

meu instagram viuMeu Instagram Viu um almoço feliz e vegetariano, com esses croquetes de soja lá no Capitão Lima.

meu instagram viuMeu Instagram Viu a versão “cupcake” do nosso amado brownie de chocolate. <3

E aí, gostaram?

Para acompanhar todos os posts do meu Instagram, segue aqui: Terrinha.

E aqui estão os outros posts da série “Meu Instagram Viu” e até a próxima o/


marmita do dia: carne na cebola


carne na cebolacarne na cebolaVou começar esse post dizendo que eu não gosto muito de cebola. Sim sim, tenho sérios problemas com cebola, pedaços grandes então… Nem pensar. Pra mim, cebola tem que estar muito refogada, muito assada, muito cozida, qualquer coisa do tipo. Crua eu não chego nem perto. Mas, em contrapartida, eu cozinho com muita cebola. É o que dá o o gosto, po. O temperinho especial é todo dela. Então se você, assim como eu, tem restrições com cebola, não precisa se assustar com a receita e pode encarar que é sucesso ;)

Essa é uma receita bem simples, que eu aprendi com Camila e Rafa do saudoso Na Minha Panela. Eu não sou muito de preparar carne vermelha em casa, sabe. Principalmente se for só pra mim… Fico tranquilamente no franguinho, salada e peixe. Mas essa receita é tão simples e saborosa que quando eu quero uma carnezinha fácil pra variar o cardápio, eu corro pra ela.

Peguei uma peça de patinho e tirei o excesso de gordura. Então temperei com sal, pimenta do reino, alho, salsa, noz moscada e uma pitada de canela, que fez toda a diferença no aroma desse prato. Aí na panela de pressão eu coloquei um fiozinho de azeite e coloquei 5 cebolas grandes cortadas em rodelas grosseiramente. Sim sim, é um monte de cebola. Coloquei um pouco de sal por cima e dei uma misturada, já que a cebola fica bem doce depois que cozinha. Aí é só colocar a carne temperada por cima, colocar uns anéis da cebola por cima dela e pronto. Fecha a panela. Sim sim, sem água. Ela vai cozinhar na água que solta da carne e da cebola, e vai ficar assim, despedançando e suculenta. Vai por mim ;)

Depois de uns 40/45 minutos de pressão pode desligar, tirar a pressão e abrir a panela para a surpresa. A cebola está assim, toda molinha, num caldinho da carne e ela está lindamente cozida. Se você quiser ainda pode tirar a carne, colocar numa assadeira e engrossar o molho de cebola na panela, jogar por cima da carne e finalizar no forno. Mas, aqui pra nós, nem precisa. Pode tirar da panela e servir do jeito que está, que vai ficar ótima.

E na marmita de hoje coloquei um pouco de arroz 7 grãos, milho verde e uns pedaços de batata doce que assei no forno, pra acompanhar. Bom, né? :)marmita do diaBoa semana, gente!

 


marmita do dia: frango enroladinho


marmita do diamarmita do diaNunca mais pintou uma marmita do dia por aqui, né? :) E essa nem é receita nem nada, e nem vinha parar aqui hahaha :P Mas aí que eu comprei uma câmera nova e agora tudo é motivo pra testar um clique :P Então terminei fotografando a marmita de ontem e resolvi trazer pra vocês como sugestão de consumo, porque nem receita ela é direito.

Eu sempre tenho peito de frango temperado com sal, pimenta, limão e alho na geladeira, como já falei várias vezes por aqui. Dessa vez acho que até tinha um pouco de orégano. Aí aproveitando a máxima da minha amiga Ju do Pitadinha, que “nem só de frango grelhado precisa viver uma pessoa de dieta”, fiz uma forma diferente de comer o tal franguinho nosso de cada dia :P

Peguei os peitos de frango que já estavam cortados na metade e abri ao meio, sem cortar inteiro. Tipo um talho, sabe? Aí coloquei uma fatia de peito de peru e um pedaço de queijo coalho, e enrolei. Fechei com um palito de madeira, coloquei numa travessa de vidro e joguei um gergelim por cima. Pronto, foi só isso. Aí coloquei no forno pré aquecido até ficar douradinho. Simples assim. Se deixar muito tempo eles vão ficar meio ressecados… Então a dica é cobrir com papel alumínio pra eles ficarem um pouco mais suculentos.

Se você viver com mais paciência, tempo e vontade, dá pra incrementar um bocado a receita. Dá até pra dar um corte mais certinho no frango pra ficar mais bonito, colocar um recheio mais elaborado tipo palmito ou cenoura, enfim. É uma forma bem versátil de dar uma variada no cardápio, sem sair muito da linha. E o melhor, é tão rapidinho que dá pra fazer pouco tempo antes do almoço e comer fresquinho.

Bom apetite, gente. :D



© 2017 - ideias de fim de semana